Scroll to top
EspaçoVittal, muito mais que uma academia.

Em um relacionamento sério com a Zumba…


Academia EspaçoVittal - 29 de junho de 2017 - 0 comments

thumb_zumba_02

EspaçoVittal trouxe a modalidade para o Nordeste

 

Fundada em 2001 pelo colombiano Beto Perez em Miami (EUA) e presente em 180 países, a Zumba chegou ao Brasil em setembro de 2011. Sempre em busca de novidades, a EspaçoVittal correu e garantiu que seu professor Serginho Souza se tornasse um dos sete instrutores internacionais de Zumba no país.

“Três locais foram escolhidos para os treinamentos: Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. A EspaçoVittal tem essa característica de sempre trazer novidades, então acabou se tornando a primeira academia do Nordeste a oferecer a modalidade, em fevereiro de fevereiro de 2012”, conta Serginho, que é o único ZES (Zumba Education Especialist) da região Norte/Nordeste.

Hoje, a academia conta com mais três professores habilitados: Jr. Café, Arthur Garcia e Edson Monteiro – todos treinados por Serginho. As aulas são disputadas, já que podem ser praticadas por pessoas de todas as idades e condicionamento físico. A modalidade latina mistura passos de dança com exercícios aeróbicos em diversos ritmos como mambo, merengue, salsa, cumbia, reagatton, samba, pop, hip hop, flamenco e dança do ventre.

“A Zumba tem características que a diferenciam de todas as outras aulas de dança. Primeiro, é o respeito à dança, o aluno viaja no mundo pelas aulas e não precisa saber dançar. A segunda é usar coreografias que não sejam apelativas e vulgares. A terceira, que seria a mais importante, é o respeito à democracia: ter no mesmo espaço crianças, jovens e adultos por usar uma dinâmica de coreografias fáceis e divertidas que permite acolher a todos”, explica Serginho.

A  Zumba também é perfeita para quem quer fugir do treino convencional. “Além da diversão e ser eficaz para a perda de peso, também trabalha a autoestima dos alunos e sai da monotonia da malhação tradicional”, completa o professor Arthur. Durante uma hora de aula, o aluno pode eliminar até mil calorias.

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *